Matheus Leal

FullStack Developer

Posted by : at

Category : Docker


Olá a todos, hoje vamos ver sobre o que é o Docker e como rodar um banco de dados MySQL em um container.
Este post é indicado para quem não possui experiência com Docker e deseja dar o seu primeiro passo.

  • O que é Docker?
  • O que é um container?
  • Rodando o MySQL em um container Docker

O que é Docker?

Docker é uma ferramenta para facilitar a criação, implantação e pode rodar em aplicações na nuvem ou localmente.

Com o Docker existe a capacidade de se utilizar containers que funcionam como máquinas virtuais. E com um container é possível ganhar maior flexibilidade para a migração de um ambiente para outro.

O que é um container?

Um container é uma unidade de software que engloba código e todas as suas dependências então a aplicação roda rapidamente e a transferência de um computador para outro é feita de forma confiável.

Ficou difícil de entender? Bem, imagine o container como uma máquina virtual bem mais simplificada e que só possui o necessário para a execução da sua aplicação. Caso ainda não tenha entendido siga até o fim porque botar a mão na massa pode te ajudar, ok?

Rodando o MySQL em um container Docker

Agora vamos botar a mão na massa e ver que o básico do Docker não tem mistério.

Requisitos:

O primeiro passo é baixar a imagem que você quer utilizar em seu container, no nosso caso vamos baixar a imagem do MySQL (https://hub.docker.com/_/mysql).

Para isso, após a instalação do Docker e sua inicialização, vamos abrir o terminal e digitar o seguinte comando:
"docker pull mysql:latest"
Após executar este comando, será iniciado o download da última versão da imagem disponibilizada pela equipe do MySQL.

Com a imagem salva podemos criar um container a partir desta imagem e começar a usar o MySQL sem que seja necessário realizar uma instalação de um cliente em sua máquina. Para criar o container executamos o seguinte comando:
"docker run -d -p 3306:3306 -e MYSQL_ROOT_PASSWORD=my-secret-pw -e MYSQL_USER=root --name meu_container mysql:latest"
Vamos analisar o que este comando faz:

  • run: Responsável por inicializar o container.
  • -d: Habilitar o modo independente, fazer o container rodar em background.
  • -p: Indicar as portas da aplicação (portaExposta):(portaInterna). Ao colocar 3306:3306 estamos expondo para acesso em nossa máquina na porta 3306, sendo possível acessar nosso banco de dados de qualquer aplicativo de gerenciamento de banco de dados.
  • MYSQL_ROOT_PASSWORD: Senha para acesso ao MySQL.
  • MYSQL_USER: Usuário para acesso ao MySQL.
  • --name: Váriavel para criar nome do container.
  • mysql:latest : A imagem que será utilizada como base para a criação do container.

Após este comando, podemos executar o comando "docker ps" e será possível ver que existe um container rodando na porta 3306 xD.

Após a sequência destes pequenos passos já temos o MySQL rodando em nossa máquina sem a necessidade de realizar instalações de executáveis ~Tirando o Docker~.

É isso pessoal, qualquer dúvida podem me mandar e-mail ou me mandar uma mensagem em alguma das minhas redes sociais.
Até o próximo post!

Sobre

Aluno de Sistemas de Informação na Universidade Federal Fluminense. Trabalho como desenvolvedor full-stack, criando sites e aplicativos para Android e IOS.

Categorias